SERVIÇOS ONLINE

Notícias

Ver notícia

Em Buritis, foi realizado no Fórum do município, o Seminário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, promovido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agência Reguladora de Buritis (AGERB), parceiros e com apoio da Águas de Buritis.

Durante o seminário, foram ministradas palestras sobre saneamento básico, proteção e recuperação de nascentes, combate a queimadas e regularização fundiária. A Águas de Buritis abordou sobre a universalização dos serviços de água e esgoto no município. O diretor-presidente da concessionária, Ary Carlos Laydner ministrou a palestra. Foram abordados os avanços em relação ao abastecimento de água tratada na cidade, desde o início da atuação da Águas em Buritis, em 2015, até a universalização do abastecimento, previsto para este ano de 2023.

Além da ampliação do acesso á rede de água tratada, o diretor-presidente também abordou ainda sobre a universalização do sistema de esgotamento sanitário, que prevê além das obras de implantação da rede coletora de esgoto, a construção de uma Estação Elevatória de Esgoto (EEE), e Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). O projeto prevê que até 2028, o serviço seja universalizado no município, e serão investidos mais de 80 milhões de reais nos próximos anos.

“Quando assumimos a concessão, Buritis tinha 0% de rede de água tratada, e nesse ano, vamos universalizar o abastecimento. Os desafios continuam para agora, conscientizar os moradores para adesão à rede água tratada, e os benefícios que uma água de qualidade traz para a saúde de toda uma população. A universalização não condiz com a realidade da adesão no município”, destacou o diretor-presidente da Águas de Buritis, Ary Carlos Laydner.

Atualmente, em Buritis menos de 40% da população fez a adesão à rede de água tratada. O Pacto das Águas, formado por uma parceria entre a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, AGERB e concessionária, visa fortalecer a promoção de ações de conscientização para que os moradores se conectem ao sistema, e tenham em seus lares esse bem essencial.

Além da ampliação do acesso á rede de água tratada, o diretor-presidente também abordou ainda sobre a universalização do sistema de esgotamento sanitário, que prevê além das obras de implantação da rede coletora de esgoto, a construção de uma Estação Elevatória de Esgoto (EEE), e Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). O projeto prevê que até 2028, o serviço seja universalizado no município, e serão investidos mais de 80 milhões de reais nos próximos anos.

“Hoje, para falar de meio ambiente considerando saneamento básico, a gente não tem como desvincular a atuação da Águas de Buritis no nosso município. Buritis hoje tem o que mostrar em relação ao saneamento básico, com esse trabalho desafiador da concessionária começado do zero em 2015, e hoje a gente está com a zona urbana quase universalizada, e já começando o esgotamento sanitário. Águas de Buritis aqui no município faz toda a diferença”, elogiou a diretora-presidente da AGERB.

Compartilhar:

Veja Também

Comunicados Saiba mais
Comunicados

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Revista Aegea Saiba mais
Revista Aegea

Faça o download da Revista Aegea e fique por dentro das novidades que acontecem na empresa.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Aegea RO trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento nas cidades onde atua.